domingo, 22 de dezembro de 2013

Kombat TV em Alcochete e Curia

A equipa do Kombat TV esteve no passado fim de semana em Alcochete, para acompanhar a 1.ª fase da Taça AKL - Associação de Kickboxing de Lisboa.

Vídeo aqui.

Ontem à noite a Kombat TV (um projeto jornalístico com «carimbo» figueirense) assegurou a cobertura jornalística de uma gala de kickboxing e K1 na Curia, no Arena Curigym. Uma produção que pode ser vista sexta-feira próxima, a partir das 22h00.
Um evento que contou com a presença de Mário Fernandes (presidente da Federação Portuguesa de Kickboxing e Muai-Thay) e Ireneu Fernandes (presidente do Conselho Nacional de Arbitragem).


Perfil:
A Kombat TV é um órgão de comunicação social especializado em desportos de combate e artes marciais.
Descrição
Dirige-se a especialistas e praticantes mas também a todos os apaixonados por este tipo de desportos. Acompanharemos todas as modalidades, desde o Kickboxing, ao Judo entre outras. A Kombat TV difunde não apenas eventos mas também Magazines e documentários sobre as modalidades.

Estatuto Kombat Tv

1 – A Kombat TV é um órgão de informação desportiva que se orienta pelos princípios da liberdade, do pluralismo e da independência, procurando assegurar a todos o direito à informação.

2 – A Kombat TV, publicada em suporte online, via internet, respeita os direitos, liberdades e garantias consignadas na constituição da República.

3 – A Kombat TV assume-se como independente de todos os poderes políticos, assim como de qualquer ideologia ou doutrina, respeitando todas as opiniões ou crenças.

4 – A Kombat TV é um órgão de informação que recusa o sensacionalismo e é orientado por critérios de rigor, isenção e honestidade.

5 – A Kombat TV, subordina-se à deontologia da comunicação social, cumpre a lei da imprensa e respeita as normas do estatuto do jornalista.

PSP detém alegado autor de vários assaltos na Figueira da Foz

Ontem, pouco antes das 19h00, um homem encapuçado e empunhando uma arma assaltou uma loja no Centro Comercial Mondego (Rua Francisco António Diniz, perto das Finanças) levando cerca de 100 euros.

Ler mais aqui

Run@Figueira celebrou Natal a correr



Ontem sábado, a Run@Figueira promoveu uma corrida de Natal com partida e chegada junto ao Edifício Portugal, no Bairro Novo.
O grupo composto por cerca de 100 participantes e que percorreu sensivelmente seis quilómetros, compareceu vestido a rigor e com as cores do Natal.
Na página do Facebook Marisa Lázaro deixa uma mensagem:

“A Figueira é uma cidade com um potencial enorme. O grupo RunFigueira surgiu por brincadeira mas cada vez mais me parece pertinente a sua existência. Queremos usufruir da nossa cidade ao máximo! A vossa adesão, apoio e entusiasmo não me deixam mentir...”.

O vídeo da corrida é da autoria de João M. P. Vaz.

http://vimeo.com/82472156

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

José Sócrates no Casino Figueira: "Há um limite para o cálculo"

Ontem à noite, no Casino Figueira, o ex-primeiro ministro José Sócrates disse que os políticos passam a vida a ter de escolher entre um mal menor e um mal maior.

"Os políticos têm de fazer cálculos, os pobres dos políticos passam a sua vida a escolher entre um mal menor e um mal maior", disse José Sócrates, numa sessão de apresentação do seu livro "A Confiança no Mundo - Sobre a Tortura em Democracia", que decorreu no Casino Figueira.

Sócrates constatou que, "infelizmente, grande parte das decisões políticas não é para escolher entre o bem e o mal, mas para escolher, muitas vezes, entre o mal menor e o mal maior".

Ver mais aqui

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Somebody That I Used To Know




Now and then I think of when we were together
Like when you said you felt so happy you could die
Told myself that you were right for me
But felt so lonely in your company
But that was love and it's an ache I still remember

You can get addicted to a certain kind of sadness
Like resignation to the end, always the end
So, when we found that we could not make sense
Well, you said that we would still be friends
But I'll admit that I was glad that it was over

But you didn't have to cut me off
Make out like it never happened and that we were nothing
And I don't even need your love
But you treat me like a stranger and that feels so rough
No, you didn't have to stoop so low
Have your friends collect your records and then change your number
I guess that I don't need that though
Now you're just somebody that I used to know
Now you're just somebody that I used to know
Now you're just somebody that I used to know

Now and then I think of all the times you screwed me over
But had me believing it was always something that I'd done
But I don't wanna live that way, reading into every word you say
You said that you could let it go
And I wouldn't catch you hung up on somebody that you used to know

But you didn't have to cut me off
Make out like it never happened and that we were nothing
And I don't even need your love
But you treat me like a stranger and that feels so rough
No, you didn't have to stoop so low
Have your friends collect your records and then change your number
I guess that I don't need that though
Now you're just somebody that I used to know

Somebody, I used to know
Somebody, now you're just somebody that I used to know
Somebody, I used to know
Somebody, now you're just somebody that I used to know

I used to know
That I used to know
I used to know
Somebody

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

My babe you

Dedicado a quem tem filhos.

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Kombat TV - um projeto de âmbito nacional com sede na Figueira da Foz

Kombat TV com produção figueirense



A Kombat TV é um canal especializado em desportos de combate e artes marciais. Dirige-se a especialistas e praticantes mas também a todos os apaixonados por este tipo de desportos. Acompanharemos todas as modalidades, desde o Kickboxing, ao Judo entre outras. A Kombat TV difunde não apenas eventos mas também Magazines e documentários sobre as modalidades.

Estatuto Kombat Tv

1 – A Kombat TV é um órgão de informação desportiva que se orienta pelos princípios da liberdade, do pluralismo e da independência, procurando assegurar a todos o direito à informação.

2 – A Kombat TV, publicada em suporte online, via internet, respeita os direitos, liberdades e garantias consignadas na constituição da República.

3 – A Kombat TV assume-se como independente de todos os poderes políticos, assim como de qualquer ideologia ou doutrina, respeitando todas as opiniões ou crenças.

4 – A Kombat TV é um órgão de informação que recusa o sensacionalismo e é orientado por critérios de rigor, isenção e honestidade.

5 – A Kombat TV, subordina-se à deontologia da comunicação social, cumpre a lei da imprensa e respeita as normas do estatuto do jornalista.





Director geral: Raúl Cardoso CPJ nº 8531



Informação: Jorge Lemos CPJ nº 8099



Conteúdos: Joana Alvim TPE nº 285

Jorge Jordão

segunda-feira, 18 de novembro de 2013



I spend my nights down on the wharf
In unlit alleyways
By the church downtown
Where Sally prays
Come down sometime
We'll share a rusty can of corn...
And listen to the radio
I love you, I love you, it says...

Where did your heart go
Did you put it on a train
Did you leave it in the rain
Or down in Mexico

You cry, but I don't know
I've heard it all before
There it goes again, the slamming of the door
Sometimes the river calls me
And at night it calls my name
Says "put your troubles down beside me"
Things have always been the same...
And rock 'n' roll won't teach me
What the river said that night
I jumped into this beauty
And drifted out of sight...

Can't Fight The Moonlight




Under a lovers' sky
Gonna be with you
And noone's gonna be around
If you think that you won't fall
Well just wait until
Til the sun goes down

Underneath the starlight - starlight
There's a magical feeling - so right
It'll steal your heart tonight

You can try to resist
Try to hide from my kiss
But you know
But you know that you can't fight the moonlight
Deep in the dark
You'll surrender your heart
But you know
But you know that you can't fight the moonlight
No, you can't fight it
It's gonna get to your heart

There's no escape from love
Once a gentle breeze
Weaves it's spell upon your heart
No matter what you think
It won't be too long
Til your in my arms
Underneath the starlight - starlight
We'll be lost in the rhythm - so right
Feel it steal your heart tonight

You can try to resist
Try to hide from my kiss
But you know
But you know that you can't fight the moonlight
Deep in the dark
You'll surrender your heart
But you know
But you know that you can't fight the moonlight
No you can't fight it
No matter what you do
The night is gonna get to you

Don't try then
You're never gonna win

Underneath the starlight - starlight
There's a magical feeling - so right
It will steal your heart tonight

You can try to resist
Try to hide from my kiss
But you know
But you know that you can't fight the moonlight
Deep in the dark
You'll surrender your heart
But you know
But you know that you can't fight the moonlight
No, you can't fight it

You can try to resist
Try to hide from my kiss
But you know
Don't you know that you can't fight the moonlight
Deep in the dark
You'll surrender your heart
But you know
But you know that you can't fight the moonlight
No, you can't fight it
It's gonna get to your heart

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Porto da Figueira da Foz “ainda longe da sustentabilidade”



José Luís Cacho reivindica acesso a fundos comunitários

A três anos do cinquentenário da inauguração das obras que reforçaram a sua importância na costa portuguesa, o Porto da Figueira da Foz continua a crescer. Hermano Sousa, presidente da Comunidade Portuária, aproveitou as comemorações do 47.º aniversário da infraestrutura para salientar os pontos fortes e as debilidades do porto figueirense. Depois de, em 2006, ter quebrado a barreira do milhão de toneladas movimentada, o Porto da Figueira da Foz prepara-se para, ainda este ano, bater o duplo dessa marca. Ainda assim, explicou aos jornalistas à margem da cerimónia de aniversário, a capacidade instalada, de 3 milhões de toneladas/ano, está longe de ser atingida. “Apesar da admirável evolução, não podemos dormir à sombra destes resultados”, defende. Para maximizar a utilização do porto, explicou, “é preciso consolidar o estado da barra”, fixando o calado, ao longo de todo o ano, “primeiro nos 6,5 metros” e, posterior e idealmente, “nos 7,5 metros, já a pensar nos navios de nova geração, que estão agora a sair dos estaleiros e chegarão em breve ao mercado”, acrescentou. “Estudar e entender a dinâmica que cria o assoreamento de inverno” é um dos requisitos para que o calado do porto figueirense possa receber embarcações de grande porte. A solução, porém, deverá sempre passar “por dragagens, que custam muito dinheiro”.

ler mais em Figueira Na Hora

Texto: Andreia Gouveia
Fotos: Andreia Gouveia e Pedro Cruz

I Don't Wanna Miss a Thing



I could stay awake just to hear you breathing
Watch you smile while you are sleeping
While you're far away and dreaming
I could spend my life in this sweet surrender
I could stay lost in this moment forever
Every moment spent with you
Is a moment of treasure

Don't wanna close my eyes
I don't wanna fall asleep
'Cause I'd miss you baby
And I don't wanna miss a thing
'Cause even when I dream of you
The sweetest dream would never do
I'd still miss you baby
And I don't wanna miss a thing

Lying close to you
Feeling your heart beating
And I'm wondering what you're dreaming
Wondering if it's me you're seeing
Then I kiss your eyes and thank God we're together
And I just want to stay with you
In this moment forever, forever and ever

Don't wanna close my eyes
I don't wanna fall asleep
'Cause I'd miss you, baby
And I don't wanna miss a thing
'Cause even when I dream of you
The sweetest dream will never do
I'd still miss you, baby
And I don't wanna miss a thing

I don't wanna miss one smile
I don't wanna miss one kiss
I just wanna be with you
Right here with you, just like this
I just wanna hold you close
I feel your heart so close to mine
And just stay here in this moment
For all the rest of time
Yeah, yeah, yeah, yeah, yeah!

Don't wanna close my eyes
I don't wanna fall a sleep
'Cause I'd miss you, baby
And I don't wanna miss a thing
'Cause even when I dream of you
The sweetest dream will never do
I'd still miss you, baby
And I don't wanna miss a thing
Don't wanna close my eyes
I don't wanna fall a sleep
'Cause I'd miss you, baby
And I don't wanna miss a thing
'Cause even when I dream of you
The sweetest dream will never do
I'd still miss you, baby
And I don't wanna miss a thing

Don't wanna close my eyes
Don't wanna fall asleep, yeah
I don't want to miss a thing

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Armin van Buuren – This Is What It Feels Like




Nobody here knocking at my door
The sound of silence I can’t take anymore
Nobody ringing my telephone now
Oh how I miss such a beautiful sound

Chorus:
And I don’t even know how I survive
I won’t make it to the shore without your light
No I don’t even know if I’m alive
Oh, oh, oh without you now
This is what it feels like

Nothing to hold but the memories and frames
Oh they remind me of the battle I face
without your love, without you I drown
Somebody save me I’m going down

Chorus:
And I don’t even know how I survive
I won’t make it to the shore without your light
No I don’t even know if I’m alive
Oh, oh, oh without you now
This is what it feels like

Chorus:
And I don’t even know how I survive
I won’t make it down the road with one headlight
No I don’t even know if I’m alive
Oh, oh, oh without you now
This is what it feels like

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Vamos ajudar a Margarida - Jogo das Estrelas

Foi sábado passado, no pavilhão Jorge Galamba Marques (Ginásio Clube Figueirense) que aconteceu mais uma festa da solidariedade a favor da pequena Margarida, filha do Fausto e da Sandra.

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Estátua "A Preguiça" foi «devolvida» aos figueirenses


Entrevista a Laranjeira Santos, escultor de «A Preguiça», emblemática estátua hoje «devolvida» aos figueirenses. Vídeo em Figueira Na Hora.

Foto-reportagem acompanhada de texto aqui.

Autoria: Andreia Gouveia.

Goodbye my friend.



Did I disappoint you or let you down?
Should I be feeling guilty or let the judges frown?
'Cause I saw the end before we'd begun,
Yes I saw you were blinded and I knew I had won.
So I took what's mine by eternal right.
Took your soul out into the night.
It may be over but it won't stop there,
I am here for you if you'd only care.
You touched my heart you touched my soul.
You changed my life and all my goals.
And love is blind and that I knew when,
My heart was blinded by you.
I've kissed your lips and held your hand.
Shared your dreams and shared your bed.
I know you well, I know your smell.
I've been addicted to you.

[x2]
Goodbye my lover.
Goodbye my friend.
You have been the one.
You have been the one for me.

I am a dreamer and when I wake,
You can't break my spirit - it's my dreams you take.
And as you move on, remember me,
Remember us and all we used to be
I've seen you cry, I've seen you smile.
I've watched you sleeping for a while.
I'd be the father of your child.
I'd spend a lifetime with you.
I know your fears and you know mine.
We've had our doubts but now we're fine,
And I love you, I swear that's true.
I cannot live without you.

[x2]
Goodbye my lover.
Goodbye my friend.
You have been the one.
You have been the one for me.

And I still hold your hand in mine.
In mine when I'm asleep.
And I will bare my soul in time,
When I'm kneeling at your feet.

[x2]
Goodbye my lover.
Goodbye my friend.
You have been the one.
You have been the one for me.

I'm so hollow, baby, I'm so hollow.
I'm so, I'm so, I'm so hollow.
I'm so hollow, baby, I'm so hollow.
I'm so, I'm so, I'm so hollow.

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Mr. Barry White is singing...



My first, my last, my everything.

And the answer to all my dreams.
You're my sun, my moon, my guiding star.
My kind of wonderful, that's what you are

I know there's only, only one like you.
There's no way, they could have made two
You're all I'm living for,
Your love I'll keep for evermore,
You're the first, you're the last, my everything.

In you I've found so many things
A love so new only you could bring
Can't you see if you,
You'll make me feel this way.
You're like a first morning dew on a brand new day.
I see so many way that I
can love you,Till the day I die.
You're my reality, yet I'm lost in a dream.
You're the first, the last, my everything
* Instrumental *

I know there's only, only one like you.
There's no way they could have made two.
Girl you're my reality
But I'm lost in a dream
You're the first, you're the last, my everything

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Memórias Esquecidas

É em português que ficam os votos de uma boa semana.

sábado, 21 de setembro de 2013

Solidão

Um destes dias acabei de trabalhar por volta das 23h00. Saí e em vez de fazer o caminho mais curto para casa, dei uma pequena volta pela baixa da cidade, a pé.
Em meia hora pude observar melhor algo que sempre tive presente como um mal maior: a solidão.
Desde a entrada da cidade, passando pela Rua da República até ao Jardim, cruzei-me com uma dezena de pessoas. A espaços, reparei que os seus olhos, a postura física, pouca vida tinham.

Parei num café na Praça 8 de Maio. Sentei-me e pedi algo. A meu lado, um homem e uma mulher ocupavam duas mesas. Nem um nem outro se faziam sentir. Estavam apenas, não eram.
Olhavam em redor na tentativa de fazer acelerar os ponteiros do relógio. Esperança vã.
Cinco minutos mais tarde, alguém passou e lançou um «boa noite» ao senhor do meu lado esquerdo. Foi o suficiente para que levantasse a cabeça e se sentasse melhor na cadeira. Percebi que precisava de algo. Que precisava de ajuda. Que aguardava algo. Mas nada.
A conversa não apareceu. Ele ansiava por um pouco de algo que lhe minimizasse a dor de não ter com quem falar. Que reduzisse a solidão. Pediu-me um cigarro.

A senhora à minha frente levantou-se e foi buscar mais um café. Era o terceiro em meia hora. Não vi um único movimento naquele rosto que me desse a entender se estaria cansada, triste ou simplesmente magoada. Vi apenas mais um vazio de alma. Como que se naquela noite a vida fosse apenas um contar de horas que se estendem em dias e semanas que não agarram uma confiança de um dia melhor.

Levantei-me e fui andar um pouco. Outros rostos cruzaram-se com o meu e em todos, àquela hora, perto da meia noite, apenas um grande nada.

Olhei para a zona da beira rio e vi dois casais a passear, de mão dada. Um conversava, o outro apenas se agarrava. À distância, não percebi o que diziam, mas diziam algo. Tinham com quem falar. Ou pelo menos, uma forma de sentir uma vida a tocar-lhes. Uma mão, um carinho, um abraço, um calor. Estavam felizes.

Perto de mim, do outro lado da estrada, tudo era diferente. Apenas uma senhora já com alguma idade conversava com o seu cãozinho. Chamava-lhe bebé…

Julgo que sempre estive atento à solidão. Mas hoje, talvez fruto da idade e da vivência, percebo quando me dizem que a vida pouco é. Mesmo quando damos a conhecer o que de bom a vida tem, o que de belo tem, os lados mais positivos, nada prevalece num corpo que se recusa a deixar entrar a luz. Num corpo vedado com e pelas amarguras da vida.

Não é uma questão de escolha, ao contrário do que se diz. É tudo uma questão de vida. Ou falta dela.

Curioso é que alguns dos que com quem me cruzei vi-os à tarde. Nem pareciam as mesmas pessoas. Antes, riam, conversavam. Depois, apenas estavam.

Escondem a solidão, o isolamento, com uma máscara que por vezes tudo e todos engana. Arranjam-se artimanhas e esquemas para que o dia passe de forma o menos desagradável possível. Escudam-se em posturas e atitudes que à noite completamente caem por terra.
É triste, muito triste mesmo.

E percebi, uma vez mais, o quanto a solidão pode ser devastadora.
O quanto o silêncio pode ferir profundamente, deixando marcas e cicatrizes que nunca irão fechar.

Desejei que tudo fosse diferente com aquela (in)certeza que temos quando rezamos ou oramos a alguém e não sabemos se nos ouvem. Mas fazemo-lo na mesma, na esperança de que afinal alguém nos escuta.

E não percebemos como ali se chegou. Como aqueles rostos conseguem viver os seus dias nesta amargura que soma dor todos os dias.

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Debate autárquico: candidatos falam sobre o futuro da Figueira da Foz


A Consultraining promove um debate autárquico, entre todos os candidatos à Câmara Municipal da Figueira da Foz, amanhã, terça-feira dia 17, pelas 18h00, na Incubadora de Empresas, na Zona Industrial da Gala.
A entrada é livre mas limitada à capacidade do auditório.

João Paz, Jorge Monteiro, António Baião, Miguel Almeida e João Ataíde juntam-se num fórum moderado por José Cardoso Bernardes para falar sobre o tema «Figueira, que futuro?».

A Consultraining lançou um repto a todos os figueirenses: um inquérito sobre a actualidade da Figueira da Foz. Este inquérito servirá de base para o debate que se irá realizar. Para responder ao inquérito clique em http://bit.ly/inquerito-figueira

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

MAFALDA NETO, UMA CAPITÃ FIGUEIRENSE DEBAIXO DE ÁGUA

A partir de 23 deste mês, uma jovem figueirense vai mergulhar
numa piscina em Éger, na Hungria, comandando a equipa nacional feminina de hóquei subaquático no 18.º Campeonato do Mundo da modalidade.

O Figueira Na Hora foi conhecer Mafalda Neto.

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Please Forgive Me - Bryan Adams



It still feels like our first night together
It feels like the first kiss
And it's getting better, baby
No one can better this
I'm still holding on
You're still the one

The first time our eyes met
It's the same feeling I get
Only feels much stronger
I wanna love you longer
You still turn the fire on

So, if you're feeling lonely, don't!
You're the only one I'd ever want!
I only wanna make it go,
So, if I love you
A little more than I should

Please, forgive me
I know not what I do
Please, forgive me
I can't stop loving you
Don't deny me
This pain I'm going through
Please, forgive me
If I need you like I do
Please, believe me
Every word I say is true
Please, forgive me
I can't stop loving you.

Still feels like our best times together
Feels like the first touch
We're still getting closer, baby
Can't get close enough
I'm still holding on
You're still number one

I remember the smell of your skin
I remember everything
I remember all your moves
I remember you, yeah...
I remember the night
You know I still do!

So, if you're feeling lonely, don't!
You're the only one I'd ever want!
I only wanna make it go,
So, if I love you
A little more than I should.

Please, forgive me
I know not what I do
Please, forgive me
I can't stop loving you
Don't deny me
This pain I'm going through
Please, forgive me
If I need you like I do
Oh, believe me
Every word I say is true
Please, forgive me
I can't stop loving you.

The one thing I'm sure of
Is the way we make love!
The one thing I depend on
Is for us to stay strong
With every word and every breath, I'm praying
That's why I'm saying...

Please, forgive me
I know not what I do
Please, forgive me
I can't stop loving you
Don't deny me
This pain I'm going through
Please, forgive me
If I need you like I do
Baby, believe me
Every word I say is true
Please, forgive me
If I can't stop loving you
Never leave me
I don´t know what I'd do
Please, forgive me
I can´t stop loving you

Yeah! I can´t stop loving you.

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Entre outros temas, hoje foi notícia no «Figueira Na Hora»

 Ver aqui



· SOS Cabedelo: "não percebemos por que razão nos ignoram, quando sabem do nossa vontade em colaborar"

· Taínhas mortas dão à costa na Praia do Relógio - Comandante da Polícia Marítima local diz não haver razão para alarme

· As sugestões literárias para este Verão, pelo escritor figueirense Nuno Camarneiro

· «LIFE+ MarPro» adquire viatura de emergência para animais marinhos arrojados

· Figueira com “Praia Qualidade Ouro”

· Foto-reportagem do Lusiaves Figueira Beach Rugby Internacional

· Meo Kids Academia 94 / Ginásio já tema mais de 50 praticantes

· Remo: Ginásio Litocar com 10 títulos de campeão de Portugal

· Festimaiorca espalha alegria e cor (vídeos)

· Foto-reportagem do IV aniversário do «Força PSI - Núcleo de Paintball da Figueira da Foz"

· A opinião com Luís Castro

terça-feira, 2 de julho de 2013

Portas demite-se do Governo descontente com escolha de nova ministra das Finanças

(...)

A saída de Paulo Portas compromete seriamente a continuidade do Governo, uma vez que a saída do parceiro de coligação deixa não só o executivo fragilizado, como sem a maioria na Assembleia da República.

(...)

aqui

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Autárquicas: João Ataíde recandidata-se e conta com o apoio de Pedro Coimbra e João Portugal

Decorreu hoje na Federação Distrital de Coimbra do PS uma reunião de trabalho entre Pedro Coimbra
(presidente desta federação), João Portugal (presidente da Concelhia da Figueira da Foz do PS) e João Ataíde (atual presidente e recandidato à Câmara Municipal da Figueira da Foz).

Deste encontro promovido por Pedro Coimbra saiu reforçada a recandidatura de João Ataíde tendo sido delineada a estratégia de campanha para as eleições autárquicas de 29 de Setembro.

Mais em Figueira Na Hora

domingo, 23 de junho de 2013

Mota/Pedro Nuno vencem Torneio Futevolei Hugo Almeida

Decorreu ontem e hoje, no areal de Buarcos, o Torneio Futevolei Hugo Almeida, com a presença do
jogador internacional que empresta o nome ao evento.

A dupla Mota/Pedro Nuno ficou em primeiro lugar, seguida de Carlos Daniel/Pedro Mano e, em terceiro, Xapa/Wender. Mota recebeu ainda o prémio de melhor jogador.

A cerimónia de entrega de prémios contou com a presença de José Cardoso (patrocinador Somaro), José Esteves (presidente da Junta de Freguesia de Buarcos) e Carlos Monteiro (vereador do pelouro do Desporto).

Amanhã inicia-se o Torneio de Futebol de Praia Hugo Almeida, dedicado aos mais jovens.

Mais fotos em Figueira Na Hora

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Fuga de gás provocou incêndio em Lavos

Hoje também é notícia no «Figueira Na Hora»


· Teresa Pereira: terapeuta do corpo, alma e espírito

· Escola de Infantes e Cadetes da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz encerra ano lectivo

· Inês Pedrosa hoje nas «5as de Leitura»

· Borgore no «Bom Sucesso Summer Fest»

· Rugby: «Figueira Sevens Rugby» no Estádio Municipal Bento Pessoa

· A opinião de Pedro Silva: “Sempre sopa, sempre sopa”.

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Hoje foi notícia no «Figueira Na Hora»

· PSP faz quatro detenções

· Câmara Municipal decide-se pela não intervenção mecânica na «antepraia» para promover a regeneração natural do ecossistema

· Vítor Pais é o candidato à Assembleia Municipal da Figueira da Foz pela coligação «Somos Figueira»

· Alerta de mulher desaparecida no mar do Cabo Mondego foi falso alarme

Figueira Na Hora

terça-feira, 18 de junho de 2013

quinta-feira, 13 de junho de 2013

terça-feira, 11 de junho de 2013

Rita Camarneiro (Anti Social SIC Radical) em entrevista ao «Figueira Na Hora»

Numa entrevista exclusiva ao «Figueira Na Hora», a figueirense Rita Camarneiro fala da experiência em trabalhar com Rui Unas e destaca, a nível da cultura/artes da Figueira da Foz, o Tubo d'Ensaio d'Artes e o projeto «Fusing».

Para ver em Figueira Na Hora

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Uma viagem ao «novo» Mercado Municipal - por Pedro Cruz

É da Figueira. Jovem, humilde no bom sentido mas bastante profissional.
Tem um relevante currículo de trabalhos editados na imprensa local, regional e nacional.
Assim é o Pedro Cruz.

Fica aqui mais um dos seus trabalhos. O da abertura do Mercado Municipal.

Para ver aqui

Destaques de hoje no «Figueira na Hora»

· Naval 1.º de Maio «não formalizou a sua candidatura à participação na II Liga nem cumpriu os requisitos financeiros para tal»

- «Novo» Mercado Municipal Eng. Silva já abriu

· UCC Farol do Mondego completa 1.º aniversário

· Folclore no Calvete. Este domingo.

· Duas novas rotas da Rede de Percursos do Concelho da Figueira da Foz

· A opinião com Pedro Silva: “Linda e deliciosa”

«Novo» Mercado Municipal Eng. Silva já abriu

O «novo» Mercado Municipal Eng. Silva abriu hoje as suas portas ao público após receber obras de
requalificação orçadas em cerca de três milhões e 150 mil euros, uma verba financiada pelo QREN (85%) e Turismo de Portugal – Projeto de Interesse Turístico (15%).

O auto de consignação da obra foi assinado a 15 de junho de 2012 e o início das obras a 22 desse mês.

A inauguração “oficial” do Mercado Eng. Silva está marcada para 24 de junho, no âmbito das Festas da Cidade.

O novo mercado encontra-se agora dotado de 180 postos de venda no piso térreo e uma galeria no primeiro andar que receberá serviços de utilidade pública, como a concessionária «Águas da Figueira», uma entidade bancária (em fase de negociação) e os serviços da Figueira Parques, entre outros.

Nesta zona será ainda criada uma área dedicada à promoção da cultura, tradição, usos e costumes locais. O exterior recebe 10 áreas de destinadas a restaurantes e bares/cafés.

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Destaques no Figueira Na Hora - onde a informação acontece

Dia Mundial do Meio Ambiente comemorado no Núcleo Museológico do Mar

Casino Figueira recebe XVI Festival Internacional Tunas Académicas da Figueira da Foz

«Night Dance 2013»: Carmencita Dias e BWS levam a «febre de sábado à noite» à A.C.R do Bom Sucesso

Alunos da EB 2,3 Dr. João de Barros venceram Final Distrital de Basquetebol (Infantis B masc.) do Desporto Escolar

“No Caminho da Civilização da Empatia” -Rotary Club da Figueira da Foz convida comunidade para palestra de António Eloy

EXPO SAÚDE termina hoje: tem 45 minutos para cuidar de si?

Emeli Sandé - Next to Me

quinta-feira, 23 de maio de 2013

A cerimónia da rosa

Num destes dias estava eu na minha habitual e normal actividade de zapping quando parei no canal MGM, da Meo.
Estava a dar «The Bacherolette» - A Noiva Perfeita». Resumidamente, trata-se de um programa televisivo, uma série de vários episódios distribuídos por diversas séries, ou temporadas, onde uma mulher pretende encontrar um noivo. Vários candidatos falam com ela, um a um ou em grupo, e dão a conhecer os seus pontos fortes, mas também os seus objectivos e motivações.
Nos bastidores, estes chegam a atacar-se mutuamente e a expor, pela frente e pelas costas, o que de menos positivo todos têm.
Programa a programa, «A Noiva Perfeita», é este o título em português, vai eliminando os candidatos.
Os que ficam recebem das suas mãos uma rosa. Esta eliminatória tem um nome: a cerimónia da rosa.

O programa, de entretenimento, poderia ser aplicado a outros cenários. Como o das próximas eleições autárquicas, por exemplo.
Imaginemos um candidato a presidente da Câmara (candidato Bacherolette, chamemos-lhe assim) a escolher não um noivo, mas alguém que o poderá vir a acompanhar nesta fase de sua vida.
Chamaria aos seus aposentos, leia-se sala de estar porque o decoro impõe-se, um grupo de candidatos. Maior ou menor, não importa para o caso.
Conversaria com cada um na tentativa de os ficar a conhecer melhor e saber das suas intenções. Sim, por que isto de escolher alguém tem muito que se lhe diga, é preciso ter muito cuidado, não vá haver um divórcio mais tarde.
Os candidatos, por seu lado, iriam confessar a sua admiração pela pessoa em causa mas também pelos princípios e valores que representa.
A um canto, mais ou menos atrás da cortina, estaria um conselheiro. Muito atento, também ele tiraria os seus apontamentos para mais tarde exercer a nobre prática do aconselhamento. A zelar pelos interesses do presidente/candidato, mas também pelos seus, não vá sair na rifa um pretendente que mais tarde lhe desse um par de patins ou tentasse tirar-lhe o tapete. É preciso cuidado nestas coisas, pois claro.

Semana a semana, o candidato Bacherolette começaria a eliminar aqueles que entende não serem dignos da sua proximidade, ou melhor dizendo, da sua confiança. E guardador dos seus mais importantes tesouros. Entre eles, a honra.
Algo do género de um cavaleiro envergando uma luzidia armadura e montando um belo corcel. Mais coisa menos coisa.
Esta eliminatória, tipo «você é o elo mais fraco», poderia até ficar com a designação dada na série, ou seja, a «cerimónia da rosa».
Mas como por vezes não é fácil arranjar uma rosa, poderia até chamar-se… a cerimónia da laranja.

Antes da escolha final e durante o processo, os vários pretendentes ao chamamento assumiriam várias posturas. Uns diriam a verdade, outros a mentira pincelada de intrigas e outros ainda optariam pela omissão. Andariam por perto, dariam um ar de sua graça, mas não tomariam qualquer posição pública que os pudesse comprometer.

E a cerimónia lá terminaria num salão repleto de convidados todos muito felizes (ou não) por fazerem parte da festa de casamento. Desculpem, da cerimónia de tomada de posse do amigo Bacherolette.

Haja imaginação porque pretendentes ao cargo… não faltam.

(Jorge Lemos / minha crónica de hoje na Foz do Mondego Rádio).

sábado, 18 de maio de 2013

Figueira na Hora - o seu espaço informativo.

Nem melhores, nem piores. Apenas... diferentes.

O «Figueira na Hora» é um projeto em evolução, a partir da sua página do Facebook.
É para os figueirenses e com os figueirenses.

Para divulgar tudo, mas tudo mesmo que vai acontecendo por cá.

Se tiver notícias ou informações de eventos que aconteceram ou vão acontecer na sua freguesia, clube, associação ou colectividade, basta enviar um e-mail para figueiranahora@gmail.com, jorgelemos.figueira@gmail.com ou andreiagouveialemos@gmail.com.

Visite o Figueira na Hora e faça parte desta comunidade cada vez maior.

terça-feira, 14 de maio de 2013

Figueira vai ter centro de formação de esterilização de gatídeos no Horto Municipal

O vereador António Tavares dá conhecimento de que, em parceria com a APAFF (Associação de Protecção Animal da Figueira da Foz), e dando sequência às campanha de esterilização de gatídeos que têm sido realizadas na Figueira da Foz em articulação com a International Cat Care, e que consistem no controlo, recolha e esterilização de gatos de rua, vai este ano ser elaborado um protocolo que leva o projecto "mais longe". 

mais em Figueira Na Hora

segunda-feira, 13 de maio de 2013

2º Triathlon por equipas do Figueira Kayak Clube

Domingo passado o Figueira Kayak Clube organizou o seu 2º Triathlon por equipas, prova que contou com 120 participações, ou seja, 60 equipas de dois elementos.

Texto, fotografias e classificações em Figueira Na Hora.

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Sabes o que é um swap??

SWINGING IN THE RAIN

Depois do buraco da Madeira e do buraco do BPN, entre outros buraquinhos que todos os juntos formam um buraco bem jeitoso, surgiu em Abril passado mais um potencial buraco para somar às já de si esburacadas contas públicas: o buraco dos swaps, com um potencial custo de aproximadamente 3 mil milhões de euros a pairar sob os nossos cofres.
Duas reacções apoderaram-se de mim. A inevitável “Três mil milhões???!!!” e a enigmática “O que raio é um swap? Algum ser alienígena que nos anda a roubar os recursos?”. Fui investigar. A resposta estava no quiosque que assaltei na passada manhã de domin
go, sem ninguém desconfiar, mais precisamente no interior do melhor semanário português (o Público de domingo), e pela voz de Helder Mourato. Perante tamanha dificuldade em explicar tão complexo instrumento financeiro, vou poupar o leitor aos termos técnicos da engenharia financeira e dar o meu melhor em termos sexuais.
Sandra e Rodrigo são um casal maduro, moderno, descomplexado, sexualmente activo mas a precisar de novas e ousadas experiências. Rodrigo conhece um jovem casal, moderno, descomplexado, sexualmente activo mas as precisar de novas e ousadas experiências - ela é linda de morrer, ele é um trambolho de 123 quilos. Rodrigo propõe-lhes um swing, que é aceite sem reservas. Rodrigo conta a novidade à jovem esposa, que cede ao desafio. Sandra sobrevive à traumática experiência, com a auto-estima e a libido em farrapos. Rodrigo sai em ombros, às cavalitas de um ego gigantesco. O casamento acaba mal. Com disputas em tribunal e filhos a sofrer.
O swap é um swing cheio de boas intenções que corre mal para uma das partes. O Rodrigo é uma instituição bancária, perfeitamente conhecedor da sua área de negócio, à espreita de uma boa oportunidade. A Sandra é uma empresa pública, imprudente e mal gerida. Os filhos deste aventureiro casal somos todos nós.
Vamos agora à parte chata da matéria, meus irmãos. Tecnicamente falando, o swap de um taxa de juro é um contrato baseado num empréstimo que a Sandra contraiu. À Sandra poderá interessar pagar uma taxa de juro fixa em vez de indexada à Euribor, porque a Sandra é muito espertinha e pensa que a taxa Euribor irá subir. O Rodrigo é mais espertinho que a Sandra e está convicto do contrário. Sandra perde a aposta e é obrigada a passar umas noites com o trambolho de 123 quilos. Em apostas mais afoitas, como são os swap exóticos, Sandra poderá passar umas noites com um trambolho de 123 quilos do Nepal.
E assim se vai brincando e especulando com o dinheiro dos nossos impostos, com a impunidade tão característica do nosso país, enquanto a dívida pública caminha para os 123% do PIB e as medidas de aust...
- “Alguém falou em caminha?...”, pergunta Rodrigo.

Texto de Pedro Silva, em «Figueira Na Hora»

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Cancro da Mama: «Passeio Motard Com Elas» ajuda a superar a doença

Fernanda Mendes não é uma mulher comum. Sem buscar protagonismos, todos os dias faz um brinde à vida vivendo-a ao máximo, aproveitando cada segundo e dedicando-o também a outras mulheres que, como ela, passaram e passam pelo turbilhão de emoções de quem sente a crueldade do cancro.

A 11 de dezembro passado Fernanda fez uma mastectomia. Não se deixou abalar e – conta – “neste novo processo de vida, tento agarrar-me às coisas que me dão prazer de fazer”.

No fim de semana passado promoveu um passeio motard feminino.

“A iniciativa foi minha com colaboração da Sara e da Carla, da Escola de Condução das Abadias, onde tirei a carta de condução de motociclos o ano passado”, explica Fernanda Mendes para quem a ideia foi simples: passear, juntar pessoas e aprofundar amizades.

in: Figueira na Hora

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Roubo de cabos elétricos deixou sem energia várias freguesias e algumas empresas

Toda a informação em:

https://www.facebook.com/FigueiraNaHora

Carlos Fernandes explica eventual candidatura à Câmara pelo Movimento Figueira 100%



"(...) Há algumas semanas, pessoas com responsabilidade ligadas ao Movimento Figueira 100% me abordaram acerca da minha disponibilidade para uma eventual candidatura (entre outras possíveis) à Câmara Municipal da Figueira da Foz pelo Movimento.
Posto isto, afirmo que ao contrário do que tem sido noticiado, não existe qualquer compromisso com o Movimento, para além de que existem outros convites e projetos sobre os quais estou a ponderar, continuando apesar de tudo disponível, como sempre estive ao longo dos meus últimos 30 anos de vida, para dar o meu contributo à Figueira da Foz".

Entrevista de Carlos Fernandes ao «Figueira na Hora»

terça-feira, 23 de abril de 2013

Anonimato

Tendo recebido algumas mensagens anónimas, cumpre informar que não serão publicadas.
O 25 de Abril abriu várias portas, uma delas o direito à livre opinião. Pelo que comentários, seja de que índole for, só "assinados".
Opinião, sim. Mas aqui, só assumida.

domingo, 21 de abril de 2013

A paz, o peixe e a cantiga - opinião de José Luis Sousa

A paz, o peixe e a cantiga

Nota mental: nas notícias, os títulos querem-se curtos. Na opinião, não. É ao gosto de cada um. E assim, o título desta crónica deve antes ler-se “o João é da paz, o Miguel perdeu o peixe e o Carlos avô da cantiga”. Comecemos, então…

Quem elegeu o João, vai para quatro anos, esperava, certamente, uma mudança radical, pelo menos de atitude, isto quando comparada com a dos dois anteriores mandatos.
Um juiz, logo, as doses certas de autoritarismo – tantas vezes necessário – mas também de compreensão pelos problemas de cada um, do comum cidadão, quanto mais não fosse por ter integrado uma qualquer comissão de direitos humanos.
Afinal, saiu-nos assim uma espécie de julgado de paz. Com excepção dos últimos meses – por razões eleitorais ou porque a paciência tem limites – temos assistido a uma transformação, ainda que ténue. Mas, para o que realmente interessa, tudo em paz. Eu, que até sou adepto de murros na mesa, quando estes se impõem, confesso-me desiludido. Porque, no fim de contas, garotos políticos e outros imprestáveis da sociedade, vão continuar alegremente a mandar neste Portugal de rastos. E por aqui me fico, que muito haverá, certamente, para dizer nos meses que se avizinham.
Já o Miguel ensaiou, há uns meses (ou será que já passou um ano, ou mais?) assim como quem lança o barro à parede a ver se pega, um logótipo do qual já poucos se lembram. Foi tal o (in)sucesso da iniciativa – ainda Miguel era possível candidato a candidato, recusando símbolos partidários por perto – que aquilo que lembrava, vagamente, um coração com um peixe e outros símbolos da Figueira lá dentro, desapareceu de circulação. Pena tenho de não o ter guardado para o poder mostrar – que a memória das pessoas é curta – mas nada… puff!! Foi um ar que lhe deu!
O peixe foi agora trocado por uma dupla onda, essa sim que aparece a suportar – ou a varrer, porque, nunca esqueçamos, o poder do mar é imenso – a candidatura. Vale a Miguel a vantagem de gostar a sério da cidade onde nasceu e cresceu. Mas será que isso vai valer tudo? Veremos!
Falta o Carlos. O Carlos é um desconhecido da maioria das pessoas, a não ser daqueles que, em alguma altura da vida, na Figueira, ou noutros locais do País, com ele conviveram, pessoal ou profissionalmente. O Carlos é um distinto professor universitário em Aveiro, psicólogo de renome, antigo comentador de programas televisivos na sua área, e eu, que o conheço vai para mais de 20 anos, reconheço-lhe, sem dúvida, grandes capacidades profissionais.
Mas o Carlos - que se prepara para ser indicado oficialmente como candidato camarário do movimento de cidadãos que já foi 100 por Cento – sujeitou-se a ser entrevistado, como quem se candidata a um emprego, antes de ser (o) escolhido. Isto a fazer fé nas viperinas línguas cá da terra!
O Carlos não é político, nunca o será. Andou por aí, há uns anos, a exercitar a cidadania em apoio a um tal de Arrobas da Silva, um advogado alfacinha que também tinha em mente – dizia ele - chegar a presidente da Câmara da Figueira, mas pouco mais.
E temo, a concretizar-se a candidatura, o Carlos vai ficar na história, (se a história o lembrar) como bode expiatório do canto do cisne de um projeto, hoje sabemos falhado, que muito prometeu pela diferença em relação aos partidos. Um movimento que, precisamente, onde mais se destacou, foi por pecar por omissão, ou dito por outras palavras, por na hora da verdade fazer igual ao que os partidos têm de pior.
Resta explicar porque é o Carlos avô da cantiga: sendo o filho autor do inenarrável hino do tal movimento, o Carlos é o avô! Piada seca esta, admito. Mas os tempos atuais também não dão vontade nenhuma de rir…!
Nota: Aos domingos, o jornalista José Luis Sousa assina uma crónica no «Figueira Na Hora»

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Ténis: figueirense Diogo Monteiro é «jogador do ano» (EUA)


O figueirense Diogo Monteiro voltou a destacar-se no panorama desportivo universitário norte-americano ao ser seleccionado como «jogador do ano» do «West Virginia Intercollegiate Athletic Conference».
O tenista, que estuda na Concord University, tem vindo a somar várias nomeações, sendo esta última considerada como a mais prestigiada da liga júnior.
O desempenho e mérito de Diogo Monteiro foi também motivo de destaque noutros meios: o «Intercollegiate Tennis Association (ITA)» colocou o figueirense no 12.º lugar do ranking da «Atlantic Region».
Refira-se que desde 2005 que a Concord University não tinha um atleta nomeado como «jogador do ano». O último foi Mark O'Neill.


quinta-feira, 18 de abril de 2013

O ÚLTIMO A CHEGAR AO GOVERNO É TÓTÓ. 1,2,3!

Como toda a gente sabe, há duas maneiras de encher uma banheira com um boneco de plástico no seu interior. A primeira é ir enchendo a banheira normalmente, ignorando literalmente a presença do boneco de plástico no seu interior. A segunda é ir enchendo a banheira, efectuando investidas de chuveiro contra o boneco de plástico, obrigando-o a lutar contra um iminente afogamento. 
Pois bem, há dias a minha filha apanhou-me a encher a banheira. Não da maneira adulta e segundo a convenção de Genebra, mas de chuveiro na mão, efectuando investidas contra um super-homem de plástico, esquecido no seu interior. Soltou um suspiro prolongado e ao mesmo tempo que o super-homem implorava clemência por entre dois pirolitos, exclamou, do alto de toda a sua maturidade de 7 anos e meio: “oh pai, que infantil!”. Ao que eu respondi, no seguimento da infantilidade que o momento entretanto exigira: “quem o diz, quem o é, cala a boca, jacaré”.
Nesse mesmo dia circulava pelas redes sociais um vídeo de apenas 14 segundos, com um grau de infantilidade muito semelhante ao episódio anterior (http://www.youtube.com/watch?v=uKTTfXtd6WY).
Os primeiros 5 segundos mostram António José Seguro a reafirmar a sua disponibilidade para substituir o governo. Sem tempo para suspiros, a jornalista, do alto de toda a sua maturidade, faz a pergunta que se impunha: “e como é que se vão substituir estes mil e duzentos milhões de euros [que o TC chumbou]?”. Ao que o menino Tó Zé responde, com ar de quem acaba de descobrir o elixir da juventude eterna: “quem cometeu o erro e quem criou o problema que o resolva”.
Estamos assim na presença de um potencial futuro primeiro-ministro, supostamente preparado para substituir o actual governo, mas indisponível para resolver os problemas entretanto criados pelo futuro ex-primeiro-ministro. António José Seguro aspira governar o país. O menino Tó Zé só quer um poleiro. António José Seguro sonha tornar-se líder do povo. O menino Tó Zé imagina-se apenas como o rei dos gazeteiros. António José Seguro grita “demitam-se!”. O menino Tó Zé lamenta-se “assim não brinco…”. 
Não basta ser líder da oposição para se chegar a primeiro-ministro. Assim como não me basta fazer brincadeiras na água com um super-homem de plástico para me tornar director executivo da Toys”R”Us.

(Crónica de Pedro Silva aqui)

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Emeli Sandé - Clown

Kickboxing: Joana Teixeira conquista título nacional profissional de full contact


A figueirense Joana Teixeira (Ginásio Clube Figueirense) conquistou sábado à noite o título nacional profissional de Full Contact (60 Kg), derrotando a atleta Sandra Teixeira, do Clube Oriental de Lisboa.
O combate decorreu no Pavilhão Galamba Marques no decurso da 2.ª edição da Gala Ramjanali, uma organização do «Ginásio Gasprocar».
O cinturão que confere o título à atleta treinada por Manuel Teixeira foi entregue por João Ataíde, presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz.
Presença nesta gala de José Machado (presidente da Associação de Kickboxing do Centro) e Mário Fernandes (presidente da Federação Portuguesa de Kickboxing e Muaithay).

Antes da subida ao ringue das duas atletas, realizaram-se outros combates saindo vencedores:
Wilson Gudes (Ginásio Superstar) – full contact;
Bruno Vicente (Ginásio Clube Mirandense) – low kick;
Bruno Santos (Associação Académica de Coimbra) – full contact;
Maxim Baldé (Real SC Massamá) – full contact;
Diogo Reis (Ginásio Superstar) – low kick;
Hugo Matos (SBR 1.º Janeiro) – full contact;
Fábio Lopes (Os Ílhavos) – low kick;
Filipe Pereira (Ginásio Bom Sucesso) – low kick
Árbitros: Elísio Cruz, Valter Coutinho, Vítor Loio e António Duarte.

Gala Ramjanali na «Bola TV» - produção figueirense
Ontem, domingo, a «Bola TV» (canal 12 MEO) editou um resumo alargado da Gala. A produção desta peça televisiva foi da responsabilidade dos figueirenses da «RC Produções» e as entrevistas conduzidas pelo jornalista Jorge Lemos («Figueira Na Hora»). O comentário ao combate principal foi do figueirense Fernando Fajardo, que durante cerca de dez anos disputou vários títulos. Hoje é treinador desta modalidade desportiva.

As fotografias são de Joana Alvim/ASF.
Mais imagens em: https://www.facebook.com/FigueiraNaHora

História
O Kickboxing começou a praticar-se em Portugal em 1975, com a designação de Full-Contact, tendo como pioneiros os Mestres Carlos Ranjanali e António Duarte.
As primeiras competições nacionais e participações internacionais de atletas lusos aconteceram em 1977, organizadas pela Associação Portuguesa de Full-Contact.
Em 1983 Portugal recebe a sua primeira medalha de bronze no Campeonato do Mundo, organizado em Londres pelas mãos do atleta Carlos Ranjanali. Seguiram-se outras vitórias como a medalha de prata de João Freitas no Mundial de 1985 e a medalha de ouro de Fernando Jaime no Campeonato da Europa de 1986.
Em 1988 Carlos Ranjanali, Carlos Lobo, Carlos Cunha, Manuel Teixeira, João Freitas e Joaquim Lourenço fundam a Federação Portuguesa de Kickboxing e Full-Contact na Figueira da Foz.

No próximo dia 27 de abril o Ginásio Clube Figueirense recebe mais uma etapa da Taça de Portugal, um evento organizado pela Federação Portuguesa de Kickboxing e Muaythai.

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Luto Municipal pelo falecimento do agente da Policia Marítima Adriano Martins

Durante as operações de socorro a um veleiro que ontem acabaria por naufragar no Cabedelo (S. Pedro), além de um tripulante da embarcação, perdeu a vida o agente de 1ª Classe da Polícia Marítima da Figueira da Foz, Adriano Martins.

O presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, João Ataíde, decretou o luto municipal por um dia, a observar amanhã, sexta feira dia 12 de abril, “como forma de expressão de pesar pelo falecimento” de Adriano Martins, procedendo à colocação da bandeira do Município a meia haste.

Foi igualmente solicitado a todos os presidentes de juntas de freguesia do concelho e responsáveis dos serviços instalados nos demais edifícios municipais que procedessem a idêntico ato.

As cerimónias fúnebres realizar-se-ão amanhã, pelas 17h30, na sua terra natal, Maçãs de D. Maria, concelho de Alvaiázere.

terça-feira, 9 de abril de 2013

Mercado Municipal inaugurado a 24 de junho. Conheça-o por dentro

O Mercado Municipal Eng. Silva será inaugurado a 24 de junho, mês em que serão também concluídas as obras de regeneração urbana na zona ribeirinha e envolvente do Forte de Santa Catarina.

O chamado «mercado provisório», no «Parque das Gaivotas», recebe a Feira das Freguesias.

Reportagem:
https://www.facebook.com/FigueiraNaHora

Figueira na Hora - a opinião que conta. Livre.


«Figueira Na Hora» - uma outra visão e divulgação do concelho


A página da «Figueira Na Hora» no Facebook é um projecto em construção – o embrião para um jornal on-line centrado na Figueira da Foz, onde as notícias estarão disponíveis para o público, sempre que possível, no momento em que acontecem.
É da minha responsabilidade e da jornalista Andreia Gouveia e conta com um painel fixo de cronistas.

Missão
Noticiar a actualidade da Figueira da Foz, divulgar os acontecimentos no concelho e contribuir para uma cidadania informada, respeitando e contribuindo para a pluralidade democrática

Descrição
Num mundo cada vez mais rápido, e com o recurso às ainda chamadas de novas tecnologias, é possível – respeitando os princípios éticos e deontológicos a que jornalistas profissionais estão obrigados, da confirmação dos factos ao direito ao contraditório – informar em tempo quase real.
Aqui poderá encontrar, também, as informações de que precisa, a agenda cultural e a divulgação de eventos desportivos e outros.
Em suma, do que vai acontecendo no concelho.
Sejam bem-vindos à nova era da informação na Figueira da Foz.

basta clicar em: www.facebook.com/FigueiraNaHora

quinta-feira, 4 de abril de 2013

PSP da Figueira da Foz apreende armas proibidas


No cumprimento de mandado de busca domiciliária, emitido no âmbito de  processo em investigação da Esquadra de Investigação Criminal da Figueira da  Foz e executado (dia 27 de março) por elementos desta Esquadra, foi  apreendido a um homem de 37 anos, segurança de profissão, residente na  Figueira da Foz, um lote de diversas armas, constituído por um revólver e uma pistola de ar comprimido, aptos a disparar projéteis de chumbo de calibre 4,5 mm, uma soqueira metálica, 6 embalagens de gás CS e um bastão metálico extensível, igual aos utilizados pelas Forças de Segurança.

A posse daquelas armas constitui concurso de crime e contraordenação, pelo que  o indivíduo foi constituído arguido e prestou Termo de Identidade e Residência e os factos foram comunicados ao Ministério Público da Figueira da Foz para promoção do respetivo procedimento criminal.

Quanto à contraordenação, informa o Comando Distrital da PSP que “os autos foram remetidos ao Núcleo de Armas e Explosivos do Comando Distrital da PSP de Coimbra para efeito do procedimento  contraordenacional e aplicação da correspondente coima.”

Buarcos (con)vida

sexta-feira, 29 de março de 2013

Refer levanta carris na linha Figueira-Pampilhosa que valem 960 mil euros

A Refer começou no início desta semana a levantar os carris e travessas da linha que liga Figueira da Foz à Pampilhosa, via Cantanhede, alegando que esta é a melhor forma de proteger os seus activos, tendo em conta as constantes tentativas de roubo de que este corredor ferroviário tem sido alvo.

aqui

quinta-feira, 28 de março de 2013

Escola Cristina Torres na lista - Retirar amianto das escolas vai custar 6 milhões de euros ao Estado


Seis milhões de euros. É este o valor que o Estado que irá suportar para retirar de aproximadamente 50 escolas, até Setembro próximo, coberturas de fibrocimento com amianto, uma substância potencialmente cancerígena e que, apesar de proibida na União Europeia desde 2005, continua presente em muitos edifícios escolares.

O levantamento das escolas a intervencionar foi efectuado pela Direcção-Geral dos Estabelecimentos de ensino.


No concelho da Figueira da Foz, integra a lista a Escola Secundária Cristina Torres – Agrupamento de Escolas Figueira Norte.


quarta-feira, 27 de março de 2013

Feira Medieval de Buarcos e 29 a 31 de março

Feira Medieval 2013 - PROGRAMA DETALHADO


29/3 às 9:00 até 31/3 às 23:45
Vila de Buarcos - Figueira da Foz

PROGRAMA DETALHADO

Ao Tempo da Crise de 1383/85
...
Dia 29 de Março (Sexta-Feira)

11h00 - Abertura do mercado;
12h00 - Comeres do mar e beberes frescos nas tabernas do mercado;
15h00 - Cortejo de abertura do mercado com o Alcaide acompanhado do clero, da nobreza, dos mestres de ofícios e dos servos da gleba;
16h00 - Anúncio dos Banhos de D. Gergomelo com Dona Aldegundes e do recrutamento de homens de armas para as hostes de D. Nuno Alvares Pereira
17h00 - Bailias e folguedos pelas ruas do burgo;
20h00 - Saltimbancos e bufões animam os transeuntes;
21h00 - Zaragatas e bulício nas tabernas do mercado entre vassalos de Dona Beatriz e defensores de D. João, Regedor e Defensor do Reino
22h00 - Músicas das três culturas e dos três credos;
23h00 - Espectáculo de Fogo sobre a Lenda da Mandrágora;
24h00 - Encerramento da Feira.

Dia 30 de Março (Sábado)

11h00 - Abertura do Mercado
12h00 - Comeres e Beberes nas tabernas do mercado.
15h00 - Cortejo de recebimento a El-Rei D. Joao I
16h00 – Anúncio dos Esponsais de D. Gergomelo com Dona Aldegundes
17h00 - Personagens características da época deambulam pela feira;
18h00 - Treino de Armas pela milícia de Buarcos para defesa do Reino face aos desmandos de Castela
19h00 – Arruada musical pelas ruas do burgo;
20h00 - Comeres e beberes de mão cheia nas tabernas do mercado;
21h00 - Um vendedor de gansos invade as ruas do burgo;
22h00 - Trovadores e menestréis cantam e encantam nas tabernas do mercado;
23h00 – Assalto ao Castelo - Rapto das Freiras do Convento das Lavadeiras em Flôr por uma mesnada de castelhanos e seu rechaçamento pela milícia de Buarcos
24h00 - Músicas dos três credos e das três culturas;
01h00 - Encerramento.

Dia 31 de Março (Domingo)

11h00 - Abertura do Mercado
12h00 - Comeres de caça, viandas da corte e Beberes suaves nas tabernas do mercado.
15h00 - Cortejo pelas ruas do burgo; Esponsais de D. Gergomelo com Dona Aldegundes
16h00 - Danças mouras pela cativa sarracena; Novas de Coimbra: D. João, Mestre de Aviz, foi aclamado rei de Portugal nas Cortes pelo clero, pela nobreza e pelo povo, com grande empenho do Mestre João das Regras
17h00 - Torneio d' Armas a Cavalo entre vassalos de Castela e vassalos de El-Rei D. João primeiro de seu nome
18h00 - Os moços enamorados invadem as ruas da feira com trovas d'amor;
19h00 - Captura de um traidor fugitivo e seu julgamento e castigo em praça publica;
20h00 - Comeres fartos e beberes frescos nas tabernas do mercado;
21h00 - Festejos e folguedos nas praças do mercado;
22h00 - Encerramento da Feira.

Feira Medieval de Buarcos 2013 - Dias 29, 30 e 31 de Março

Mais um promissor evento organizado pela Junta de Freguesia de Buarcos.

Mercado medieval, recriações históricas, espectáculo de fogo, assalto ao Castelo, cortejo histórico, torneio d´armas a cavalo, em pleno fim de semana da Páscoa.

https://www.facebook.com/events/163466620474477/?ref=2

sexta-feira, 22 de março de 2013

«Pontos de Vista» com nova equipa

«Pontos de Vista» é um programa de opinião. 5 dias, 5 opiniões, na Foz do Mondego Rádio (99.1 FM).

Pedro Daniel Santos (segunda), Rui André Duarte (terça), Nuno Mateus (quarta), Jorge Lemos (quinta) e Luís Manuel Ribeiro (sexta).

Esta é a crónica de hoje, do Luís Ribeiro.

para ouvir aqui.

ou para acompanhar diariamente no facebook.

quinta-feira, 21 de março de 2013

Figueira da Foz: Encomendavam pizzas para assaltar


Terça feira passada (dia 19 de março), cerca das 16H30, foram localizados, intercetados e identificados quatro co-autores de um crime de roubo praticado no dia anterior na Figueira da Foz, com recurso a arma branca.

Os indivíduos, todos do sexo masculino, tiveram como forma de atuar, o recurso ao estratagema de encomendar pizzas e marcar o local de entrega e, nesse momento, segundo relato do ofendido, este foi ameaçado com uma faca (arma branca), tendo-o manietado e roubado as pizzas encomendadas, bem como o telemóvel e a quantia de 30 euros que trazia consigo.

Um dos co-autores é um rapaz com 13 anos de idade que foi entregue a familiar responsável, tendo sido elaborada a correspondente Participação por Factos Ilícitos.

Os restantes três elementos têm, respetivamente 16, 18 e 22 anos, foram assistidos por advogado, interrogados na qualidade de arguidos e participaram na reconstituição dos factos, da qual foi elaborado o correspondente auto de reconstituição que integra o processo, recolhendo-se igualmente suporte fotográfico da reconstituição. Foram constituídos arguidos, prestaram TIR e foram de seguida libertados, dado que a sua interceção ocorreu fora do flagrante delito.

terça-feira, 19 de março de 2013

The Gift em entrevista no Indoor Music Festival - Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz

Realização: RC Produções, uma equipa figueirense no Indoor Music Festival.


domingo, 17 de março de 2013

Boss AC no Casino Figueira


Boss AC, Dead Combo, Pedro Abrunhosa e Deolinda. Estes são apenas alguns dos nomes que estarão em concerto no Casino Figueira, de março a agosto.

MARÇO
Dia 22 | 22h : CARLOS do CARMO – 50 anos de carreira | 20 € ou 200 pontos do Cartão CFC | Salão Caffé
Dia 28 | 22h : Projecto FÁDO com ALMA | 5 €  | Salão Caffé
Dia 30 | 23h : BEST YOUTH + WE TRUST = There Must Be a Place | 7 €  | Salão Caffé

ABRIL
Dia 6 | 23h : CORDIS - Piano e Guitarra Portuguesa com a participação do tenor Nuno Silva | 10 € | Salão Caffé
Dia 13 | 23h : “DIABO A 7 SHOW” com Miguel  7 Estacas, Tozé e José Meireles dos Perfume  e  Ana Viriato - comédia, música e entretenimento | 10 € | Salão Caffé
Dia 19 | 22h : “ABRAÇO LUSITANO” com Alexandra e Gonçalo Salgueiro | 15 € | Salão Caffé
Dia 26 | 22h : SÉRGIO GODINHO – “Mútuo Consentimento” | 15 € ou 150 pontos do Cartão CFC | Salão Caffé

MAIO
Dia 25 | 22h : DEAD COMBO – 10 anos| 12 € | Salão Caffé

JUNHO
Dia 14 | 22h : PEDRO ABRUNHOSA | 18 €
Dia 21 | 22h : MÁRCIA – “Casulo” | 10 € | Salão Caffé

JULHO
Dia 5 | 23h : BOSS AC - “AC para os amigos” reeditado | 10 € 
Dia 6 | 23h : JOÃO CONDE – “Duma Vez” | 5 € | Salão Caffé
Dia 12 | 23h : JOEL XAVIER - “ALEGRIA” | Tour 2013 | 15 € | Salão Caffé
Dia 20 | 23h : DEOLINDA – “Mundo Pequenino” | 15 € | Salão Caffé
Dia 26 | 23h : ALMA de COIMBRA | 15 € | Salão Caffé
Dia 27 | 23h : MARCO RODRIGUES - “EntreTanto” | 12 € | Salão Caffé

AGOSTO
Dia 9 | 23h : ANA MOURA – “Desfado” | 15 € ou 150 pontos do Cartão CFC | Salão Caffé
Dia 15 | 23h : ALA DOS NAMORADOS - "Razão de Ser" | 15 € | Salão Caffé
Dia 17 | 23h : JOANA AMENDOEIRA - "Amor Mais Perfeito" | 12 € | Salão Caffé
Dia 22 | 23h : LUÍSA SOBRAL - “There´s a flower in my bedroom” | 10 € | Salão Caffé
Dia 24 | 23h : “KINGS OF DANCE” – O Melhor da Dança | 15 € | Salão Caffé

sábado, 16 de março de 2013

Cipriotas em choque tentam levantar dinheiro mas contas já estão bloqueadas


Os cipriotas acordaram na manhã deste sábado com a notícia do resgate financeiro ao seu país, que implicará a aplicação de um imposto extraordinário a todos os depósitos bancários. A população tentou nas sucursais e nos sites dos bancos levantar o dinheiro, mas as contas já estavam bloqueadas desde que a decisão do Eurogrupo foi tomada.

Aumento dos impostos sobre as empresas, que podem chegar aos 12,5%, e um imposto extraordinário de 9,9 % sobre os depósitos acima dos 100.000 euros e de 6,7 % para os valores abaixo são algumas das medidas acordadas pelos ministros da Economia e das Finanças da zona euro para o resgate financeiro a Chipre que atingirá os 10.000 milhões de euros.